Pages

Pesquisar

Carregando...

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Jorge e suas músicas lindas

Por que Jorge Vercilo faz musicas tão lindas???

Olha essa é fantástica:
Arco Iris

Azul rei
Verde mar
Eu pedi ao arco íris
Para me emprestar
E lhe dei sem pensar
Pois preciso do infinito que você me dá
Mais que coisa linda quem me dera
Era só quimera pra um sonhador
Lembro o tempo que ficou
Ali na areia
Na noite de estrelas
Na roda de viola
E você que era só quimera
Hoje é minha vida
Hoje é meu amor
E o medo nunca mais me cega
O meu mundo explodiu em cor
Arco íris no olhar
Azul rei por sobre o verde mar
Suas cores
Quem colore
Não tem mais o que fazer
Não me reconheço sem você
Não me engano
Eu te amo

Muita saudade

Hoje 04 meses... Que saudade...Paizinho espero sinceramente que Jesus permita que estejas em um lugar maravilhoso cheio de muita luz, e paz. Amém!


Não tenho certeza alguma do que acontece lá do outro lado da vida, mas se as pessoas puderem de alguma forma interceder pelas pessoas amadas aqui na terra, tenho a certeza de que as coisas boas que estão acontecendo na minha vida hoje tem intercessão sua perante o pai santissimo.


Te amo!

Tudo nos trilhos

Oi boa tarde, faz tempo que não ando escrevendo... Já se passou tanta coisa....


Novidade MOR estou trabalhando Graças a Deus!!! Sabia que aqui na minha terrinha -Fortaleza- seria bem mais fácil conseguir emprego (mesmo que não seja na áera de comunicação).

Aqui muita coisa está pronta, mas ainda faltam muitos detalhes... esses detalhes é que impacam tudo. Mais um pouco e a loja que estou inaugura. NÃO VEJO A HORA!!!


Aliás está simplesmente LINDISSIMAAA

sábado, 29 de outubro de 2011

A arte de ser feliz!

Ainda não estou completamente recuperada da perda do meu amável pai, por isso não tenho tido ânimo para escrever aqui, mas é evidente que a cada dia conheço e vejo de perto o sentido da superação! Este poema é uma ótima forma de seguir minha vida em frente e procurar ser feliz, seguir em frente sem a presença forte do papai.

A arte de ser feliz

Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia ser feita de giz. Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco. Era uma época de estiagem, de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse. E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz. Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor. Outras vezes encontro nuvens espessas. Avisto crianças que vão para a escola. Pardais que pulam pelo muro. Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais. Borboletas brancas, duas a duas, como refelectidas no espelho do ar. Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega. Às vezes um galo canta. Às vezes um avião passa. Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino. E eu me sinto completamente feliz. Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas, que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem, outros que só existem diante das minhas janelas, e outros, finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim"
Cecília Meireles

A arte de ser feliz!

Saudade do meu pai querido!

Saudade

Nelsinho Corrêa

Só se tem saudade do que é bom,
Se chorei de saudade não foi por fraqueza,
Foi porque amei.

E se eu amei, quem vai me condenar?
Se eu chorei, quem vai me criticar?

Só quem não amou, quem não chorou,
Quem se esqueceu que é um ser humano,
Quem não viveu, quem não sofreu,
Só quem já morreu... e se esqueceu de deitar

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A perda do pai

A perda do Pai

por Artur da Távola

A perda do pai: quem sabe vivenciá-la? Como aceitar mortal e falível aquela pessoa grande, capaz de conseguir o universo, logo ele, o provedor, abridor de caminhos pelos quais começamos a passar medrosos?

A perda do pai é a retirada da rede protetora no momento do salto. E há que saltar. É o roubo feito no exato momento em que estávamos a descobrir o melhor do mundo.

A perda do pai é a entrada no lugar-comum, é começar a ser igual a todos os que a sofrem, a ter os mesmos medos, as mesmas frases. É voltar a se emocionar com o que se desprezava: datas, pequenas lembranças, objetos, palavras e até com as manias dele que nos irritavam.

A perda do pai é o começo do balanço da própria vida, porque, enquanto vivia, era mais fácil nele descarregar alguns fracassos e culpas.

A perda do pai é o início da significação. As palavras começam a fazer um estranho e novo sentido.

A perda do pai começa a nos ensinar o valor do tempo: o que não fizemos, a visita deixada para depois, o gosto adiado, a advertência desdenhada, o convite abandonado sem resposta, o interesse desinteressado...tudo isso volta, massacrante, cobrando-nos o egoísmo. Nosso primeiro exame de consciência verdadeiro começa quando o pai morre. Nosso encontro com a morte inaugura-se com a dele. Nossa primeira noite sem proteção consciente, dá-se quando ele já não está. E nunca somos mais sós que na primeira noite em que já não o temos. O pai é o mistério enquanto vida e a revelação depois de morto. Num segundo, entendemos tudo o que, durante a vida, nele nos parecia uma gruta de mistérios. Seus objetos ganham vida, suas comidas preferidas passam a ter mais gosto, suas frases adquirem o sentido que só o tempo e a repetição outorgam às coisas.

A perda do pai dói muito! Isso é tudo. Para que querer saber por que? O pai é o eu no outro. É dois em um, santíssima dualidade a proclamar o mistério e a glória de existir, dívida que com ele temos, sem nunca conseguir pagar, o que o faz por isso mesmo, sempre, muito melhor do que nós...

Perdoa-me por só hoje conseguir escrever. Pai, sinto muito a sua falta, te amo muito, e jamais deixarei de te amar, lembrarei todos os dias de você, do seu jeito, das suas coisas, dos seus gestos de carinho. Ass. Patrícia

Nascimento: 02/10/1961 Falecimento: 09/10/2011

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O bom do dia das crianças

Sabe o que é melhor quando se chega o dia das crianças e não se é mais criança? È ver toda a programação infantil que a tv tem a oferecer. Tenho que admitir que adorooo os filmes infantis de animação, seleciono todos que vejo que irão passar na TV por assinatura.

Já disse que gosto muito de todos eles: Carros, Tá Chuvendo Hamburguer, Madagascar, Procurando Nemo, Kung Fu Panda, Formiguinhas, A Fuga das Galinhas (por sinal muito interessante para quem estuda planejamento estratégico), Sherek, Alvin e os esquilos, Ratatoule, Madagascar, Tá Dando Onda, A Era do Gelo, Mostros S.A, O Bicho vai Pegar, O Rei Leão, a lista é enorme e a cada dia surge mais um filme desses para agradar aos pequenos, jovens e adultos. Mas para mim nenhum é melhor do que Toy Story, assisti (e até mais de uma vez) aos 03 que foram lançados pela Disney Pixar, um enredo maravilhoso que só assitindo para saber, cada filme para mim é uma nova emoção. Estou esperando anciosamente para assitir amanhã na HBO o terceiro filme da história de Andy, Woody, Buzz Lighyear e sua turma... Choro de emoção no fim desse filme.

Ao infinto e alémmmmmmmmm!

O Círio vem ai

Oiii aqui em Belém tem uma festa religiosa muito conhecida "Círio de Nazaré" que dura quase o mês inteiro, hoje foi emocionante ver a imagem de Nossa Senhora de Nazaré (Padroeira) passar aqui em frente ao condominio. Muito diferente da festa da Padroeira de Fortaleza(Nossa Senhora da Assunção), aqui o povo é muito religioso e fervoroso. Gostei de ver as casas, condominios, prédios, hoteis todos enfeitados com muitos balões e arranjos de flores para esperar a imagem da Santa passar por nós.

Uma queima de fogos incrível por onde ela passa que dá para se ouvir de longe, é muito lindo.... Muita emoção!

Amanhã iremos a romaria fluvial também conhecido como círio fluvial. Mais novidades eu conto aqui.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Ainda conhecendo coisas por aqui

Nem contei nada, também meu tempo está curto e corrido, e meu tempo livre só quero dormir ou assistir tevê. Quando entro na net, vejo meus e-mails e olho os sites Folha ou Globo.com. Semana passada fui a um aniversário diferente de todos que já fui em Fortaleza. Em uma lancha no meio do rio e no meio da chuva do trovão e dos raivos. Fizemos uma parada em um restuarante no meio do rio (http://www.flutuantemangue.com.br/), se vieram a Belém e quiserem conhecer fica a dica.

O melhor de tudo foi a companhia de familiares de Fortaleza que vieram especialmente para o evento, o mais divertido foi ir ao ver-o-peso que ainda não tinha ido depois de um mês aqui na cidade. Ahhh fez um mês dia 28, esqueci de postar nesse dia e falar como estava me sentindo... Sim, voltando ao mercado foi muito interessante, muita coisa barata e tem de tudo. Adorei os sucos tradicionais aqui da terra : Bacuri, Açai, Cupuaçu. Hum Deliciaaaa!!!

"A vida é maravilhosa se não se tem medo dela." Charles Chaplin.

Dias de muito trabalho

Calma não é bem o que vocês estão pensando, vou já explicar...

É que as coisas aqui ficaram muito díficies para mim (nada de emprego), e então surgiu a ideia de fornecermos almoço, acho que é uma boa porque já temos clientes, tirando as queimaduras, o estress, no final do mês dá pra compensar o esforço, se DEUS quiser. Confesso que o mais dificil é conseguir agradar.

P.S: Termino descabelada e fedendo a óleo, e com as unhas por fazer, mas não posso ficar de braços cruzados e esperar as coisas cairem do céu. Espero que concordem comigo.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Saudade de casa

Uma adaptação de um poema retirado do site "site de poesias".

Distante de casa, eu vi o valor que a terra tem meu estado, minha cidade, minha família também

Hoje aqui vivo sofrendo, mas em meus pensamentos
sabendo que um dia vou regressar,
de lembrar meus olhos chora esperando essa hora que tende a se aproximar
pois relembro com saudade minha querida cidade na no Ceará

Sonhando acordado eu vejo suas ruas em movimento
onde hoje eu posso andar só em meus pensamentos
lembrei os amigos que deixei e agora me emocionei
senti um aperto por dentro, pois, aqui tudo é saudade
distante da minha cidade pra mim tudo é sofrimento

Meu papai, minha mamãe que um dia deixei a chorar
aqui não posso vê-los, posso apenas os escutar, me falando
palavras de incentivo me fazendo emocionar
tentando me trazer felicidade, trazendo na verdade saudades do Ceará

Minhas sinceras amizades que na infância eu conquistei
agora os deixei pra trás mas nunca os esquecerei
pois meus melhores momentos foi com eles que passei
embora sabendo que ao retornar não os irei mais encontrar
da forma que os deixei

Aqui na cidade grande vejo tudo diferente
a vida é uma correria não se vê ninguém contente
e como diz o ditado aqui é unha por unha, aqui é dente por dente
e por um pedaço de pão, tem gente matando gente

Este é o meu conselho a quem quiser escutar
ame e respeite seus pais e não se arrependerá
pois quando eu voltar em minha terra a Deus vou agradecer
e a meus pais vou abraçar e lhes fazer sorrir
pra nunca mais os ver chorar.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Navegando na criatividade

Passei a manhã navegando na internet, fuçando sites de decoração, nossa muita coisa criativa por ai, olha esse que eu amei brigadeiro de colher mas não tem nada a ver com comida, não dessa vez, é um blog extretamente interessante para quem ainda não tem muita coisa em casa (assim como eu) ou que quer aproveitar algo que não lhe desperta mais interesse.


Eu sugiro que dêem uma olhada, vocês também irão amar.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Companheiros Maravilhosos

Até agora o melhor final de semana por aqui... Com a chegada de Paty e Lucas nossos dias foram diferentes, nada de trabalho, nada de dormir até tarde, nada de tv, nada com nada.

Fomos a muitos lugares diferentes que encheram nossos olhos...A Segunda-feira chegou e me deixou aquela depressão e saudade dos meus companheiros maravilhosos.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Visita muito esperada

Hoje estou muito feliz com a primeira visita especial ai de Fortaleza. Meus caríssimos amigos Patrícia e Lucas meu casal preferido vem pro final de semana.

Estou muito ansiosa, não mais que o Paulo César, passei a semana toda ajeitando o quarto, separando tudo para lhes oferecer o maior conforto na medida do que a casa pode oferecer, pois ainda não temos todos os móveis comprados. Como boa anfitriã preparei todo o roteiro do passeio que faremos, incluindo bons restaurantes e um ótimo lugar pros meninos tomaram um cervejinha e nós mulheres colocarmos os papos em dia.

"Só existe uma coisa melhor do que fazer novos amigos, conservar os velhos." Elmer G. Letterman

Em busca de emprego

Essa semana começou minha saga por emprego nesta cidade. Acordei cedo, encarei o sol, e com um pasta sai distribuindo nos quatro cantos da cidade.

Preciso de reza forte, e muita fé, sei que não é fácil em lugar nenhum (mais ainda para uma recém formada), fui na segunda hoje já é quinta-feira meu telefone não tocou ainda, já acessei sites fiz cadastros, enviei currículos online, estou fazendo a minha parte, estou me movimentando.
Nenhuma novidade... Próximo passo SINE.

sábado, 3 de setembro de 2011

Primeira semana

Faz hoje exatamente uma semana que não escrevo aqui no blog. É que demorou um pouquinho pra consequir a internet. Mas já começo a contar como foi a minha primeira semana aqui em Belém.

Pior do que o calor que está fazendo aqui é a saudade que sinto dos amigos e da minha família. Pra tentar diminuir passo horas no telefone com mãe, tia... Ainda não estou trabalhando por isso sinto uma solidão ainda maior dentro de mim.

Ainda bem que da minha janela tenho uma visão magnifica, e por isso passo a maior parte do tempo a admira-la. Hoje é mais um dia que fico sozinha e só espero o Paulo pro almoço, que orgulhosamente faço todos os dias. Ele diz que é bom, acho que é amor. Nenhuma novidade, além de matar a saudade de quem aqui estava me esperado...

sábado, 27 de agosto de 2011

Agora é a hora

Dia de muita correria, dobra roupa, tira roupa, ajeita daqui, ajeita dali, isso não cabe, coloca aquele outro. Uffaaa!!! Pra relaxar só mesmo as músicas romanticas de Ana Cañas.

Muito anciosa com a viagem, contudo muito feliz, depois de quase três meses de distância é chegada a hora de ir encontro do amor, do abraço forte, do meu amigo confidente, meu companheiro.

Da família espero que me desejem "boa sorte", vou sentir falta, pois amo a todos como a mim mesma. Agora é só carimbó e açai.

Até a próxima postagem.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Tô com sintoma de saudade

video
O que me define nesse momento, uma imensa saudade dentro do meu coração, saudade de lá saudade de cá. Nunca este sentimento esteve tão presente na minha vida como uma onda que vai e vem, último dia em Fortaleza, último dia para confraternizar com amigos e familiares e assim seguir minha vida RUMO A FELICIDADE.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Missão cumprida

Ontem me olhei no espelho vi a felicidade estampada em meu rosto... Minha colação de grau, e com ela a sensação de "missão cumprida".

Foram 04 anos de muito estudo, muita luta, mas eu sempre confiante e perseverante. Muitos obstáculos puderam impedir esse acontecimento tão esperado por mim, mas eu fui muito mais forte, eu fui GUERREIRA. E agora posso dizer " eu consegui"! Agora mais do que nunca correrei atrás de mais sonhos, pois esse já conquistei.

"E eu prometo sob minha honra" informar com ética, responsabilidade e credibilidade tudo que for de suma relevância para sociedade que estou inserida e nas demais. Diante das perspectivas de minha atuação eu o farei com muito orgulho!

Concluo com uma frase que eu mais gosto e me identifico, que me acomapanhou ao longo de minha gradução, da escolha do curso passando pela monografia até a etapa final; a colação.

"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar." William Shakespeare


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Eu tenho um anjo


Sempre acho que Deus coloca as pessoas certas no lugar certo, na hora certa, e essas pessoas são como anjos que estão ali sempre a postos para ajudar no momento mais difícil de nossas vidas.

Eu tenho um anjo enviado pelo altíssimo. Uma pessoa cheia de luz e alegria que nas horas mais complicadas sempre me ajudava como se soubesse o que realmente estava me faltando, muitas vezes a ajuda foi financeira, mas energia e conselhos nunca me faltavam. E do que mais esse anjo me enchia era de perseverança.

Hoje eu reconheço sua importância e qual o propósito de Deus ao permitir que nasçamos na mesma família e tenhamos um grau de parentesco. Somos primas daquelas mais unidas que desde de criança faziamos batatinha frita para comer, sempre com muita sinergia, uma descascava a outra fritava, ela era a organizadora eu era a modelo dos desfiles que faziamos talvez em 1992 não sei ao certo.

Sei que o que senti foi muito forte quando ao lhe ligar para agradecer por tudo e para dizer que chegava a hora de tomar outro rumo ela me disse :" Nunca deixarei de ser o seu anjo".

"Se voçê vir um anjo, conhecerá o paraiso". Adrianne Lighton

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Um dia lindo vem chegando ai...

Perdi o sono.
Foi bom, depois de uma noite com chuva, pude obervar o sol nascendo e admira-lo como quem admira entusiasmado(a) uma "aurora boreal". Sensação indescritível, o som dos pássaros pareciam a trilha sonora de um espetáculo maravilhoso do sol.

Indecisa não sabia se falava comigo mesma, mas optei por só sentir a sensação, o calor e o som. Isso foi fantástico! Um dia lindo vem chegando ai...

'' ... Volte seu rosto sempre em direção ao sol e então as sombras ficarão para trás ... '' Provérbio Chinês


domingo, 21 de agosto de 2011

Momento de reflexão


Ultimamente todos os domingos vem me batendo um momento nostalgia. Não sei o que acontece? Começo a me olhar no espelho e fico procurando novas marcas da semana que passou, da idade mesmo, e penso o que fiz de diferente nessa semana da semana anterior?

Ai fico lembrando daquele velho livro "A Velhice" de Simone Beauvoir que fala da velhice e seu universo. Se pararmos para pensar, assim que nascemos já estamos envelhecendo, por isso, nesse mesmo instante de frente ao espelho, penso em aproveitar cada dia e tentar fazer diferente. Independente do dia, independente da idade, independente do estado de humor.

"Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele"Rousseau

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A saudade


Saibam de uma coisa...

Não aguento mais uma sexta-feira sem meu amor do lado. Um mixto de sentimentos me envolvem toda vez que chega o final de semana. Saudade, ciúme, carência, necessidade, insegurança, tristeza, vem tudo junto como se fosse um "Tsunami" que não passa nem com mais de 1h de ligação e muito eu te amo ao pé do ouvido.

A saudade é isso, causa essa montanha de sentimentos que não tem cor, nem forma, nem sabor, só sei que existe, e que só quem está distante é que sente. Saudade de como me sinto bem e segura ao seu lado, saudade do cheiro... Mas sinto além dessa falta abstrata. Sinto a falta física; o abraço, o beijo de boa noite, saudade de acordar na madrugada e te ver ao meu lado, e principalmente saudade de acariciar o seu rosto. Só o que resta agora é dormir pois tenho esperança de sonhar com você, e que só assim te sentirei comigo... Em sonhos...Bem próximo a mim....

Te amo muito!

"O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade." John Dryden


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Amigas, aquele abraço!


Hoje, 10 dias... Me deu uma vontade enorme de escrever para vocês.

Saudade que fica.
Posso definir todas vocês minhas amigas com apenas um adjetivo: Camylla(nervosa), Ivila(maezinha), Karol(briguenta), Kamila(inteligente), Tati quebra barraco rss, brincadeira, acho que se encaixa em outra amiga por ali citada (tranquilona), Paty Caúla(amiga), Karol(linda), Débora(fashion), Cecília(divertida) Ruthany(tímida), Helene(paciente). Aprendi com todas e levo um pedacinho de cada uma.

Uma homenagem minha pra vocês que JAMAIS deixarão de fazer parte daquele pedaçinho gostoso da minha vida, e da minha trajetória.

Gosto sempre de finalizar com uma frase.
"A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades."
Millôr Fernandes

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O porquê?


Meus amigos e parentes sabem que já está chegando a hora de eu me despedir da terrinha tão adorada e maravilhosa a grande "Fortaleza". Genteeee confesso que isso me assusta ficar: sem mamãe (na qual tenho uma sintonia incrível), sem meu pai, irmãos, meus melhores amigos, e todas aqueles colegas que construi ao longo da minha graduação.

Mas hoje entendi que quando buscamos algo maior do que podemos encontrar naquela mesmice que vivemos, é chegada a hora de tentar e mudar. Devemos SIM alçar novos vôos e despertar para novas perspectivas, foi o que aconteceu comigo e com meu esposo. Portanto só nos resta apostar numa cidade para nós desconhecida, mas que pode nos proporcionar algo que almejamos em nossas vidas. Estamos nessa seempre juntos!

"Quando não se tem nada, não há nada a perder." (Bob Dylan)

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Um diário


Criei esse blog para me servir como um diário, não sei se alguém vai ler, mas a finalidade também não é essa.

Não apenas encherei de letras essa página. Narrarei aqui fatos que ao meu ponto de vista são relevantes para mim, bem como, falar do que estou sentindo das minhas experiências, minhas alegrias ou aflições. Por fim, meu objetivo é apenas ter um canal para escrever, aliando duas coisas que gosto, a internet e a escrita.

Abraços...